Su & Je

As aventuras de uma família de imigrantes vivendo no Canadá

Dia das Mães e uma nova mãe surge !

Posted by Susana em 14 de maio de 2012


Oie…

Pois é !!!!

O título é verdade.

Esta semana e hoje mais do que nunca desencadeou uma nova mãe em mim!Mudei…

..

…e,mudei muitooooooo !!!!!!!

Quem viu não acreditou e quem não viu provavelmente ficará impressionado sem ver.

Parei de ser aquela mãe mole e estou mais severa e rígida com a Rebecca !

Isso mesmo caro leitores e amigos!!!!!!

Aquela Su que amolecia e fazia de tudo sumiuuuuuuu .

Ou eu mudava agora ou sofria para sempre!Foi o que pensei quando comecei a perceber que a Rebecca parou de me respeitar …triste ter que escrever isso mas,vai servir de exemplo para muitas mães novas,mães futuras e para mim mesma,pois escrevendo eu assumo um 

compromisso comigo tb,mas,a mudança finalmente veio e espero continuar firme e forte nesta semana e em outras que virão…

Mudar exige coragem e persistência!!!!Não adianta mudar num dia e continar com os erros em outros dias!?

Já estou 2 dias nesta posição e confesso que não está nada fácil mudar e continuar assim…nada fácil mesmo!!!

A Rebecca é uma filha linda,cheia de energia,mas,está numa fase difícil .

Dói mais em mim quando estou dando bronca,castigando e até segurando forte o seu braço mas,sei que estou fazendo certo hoje pra amanhã ter uma filha educada,disciplinada e com noção das coisas!

Estava errada em ser mole,fazer de tudo e ajudá-la em momentos que sabia que ela podia fazer sozinha,sabia tb que era a mais pura folga ,mas,mãe é um ser bobo!

Mas,tb sei que esta bobeira poderá custar caro e até muito sofrimento mais tarde se eu não ser mais enérgica !

Este foi um presente dos Dia das Mães que receberei ,talvez não agora nem o ano que vem,será bem mais lá na frente….bem !!!!

O bem bom da filha acabou …até porque daqui a 3 meses ela começará a ir numa outra escola que irá exigir bem mais dela e eu,nem o pai dela poderá ajudá-la nem a tirar ou colocar os sapatos internos,nem sequer colocar as luvas no caso de frio e neve…estou fazendo já o treinamento que será de verdade o ser mais independente e capaz!!

Esta semana já concordei com o Je de não mais deixar ela assistir ao desenho enquanto toma o café da manhã,pois com a TV ligada ela enrola pra comer,às vezes nem come e enrola tb pra se vestir pra ir à escola!Na verdade eu colocava para a Brigitte se distrair enquanto eu dava toda atenção pra monitorar o café e a arrumação de Bequinha,mas,ligo a Tv somente depois que o Je e a Beka saem de casa!Preciso me policiar e isto vai exigir mais de mim…desafio e dedicação serão as palavras chaves!

Vou tomar meu banho,aproveitar que as minhas meninas estão dormindo…e,espero que o Jeison me ajude nesta nova fase de mãe,pois não adiantará nada eu mudar e o Je amolecer….já vi que para dar uma boa educação aos filhos,os dois tem que ser duros e firmes!Um só não adianta!

Tem momentos pra tudo nesta vida….

E o meu momento agora é de ensinar,educar!

Parei de deixar comer só um biscoito antes do almoço,comecei a ficar mais no pé pra escovar os dentes,continuo monitorando tudo….não é não agora!!!!!

Não posso fraquejar…

Não posso amolcer…

Posso melhorar e vou conseguir!!!

A minha meta agora é ensinar a Rebecca a ser uma pessoa melhor,mais entendida,menos orgulhosa,egoísta,mimada e folgadinha!!!!!

Um desafio e tanto..afinal sou muito culpada por fazer de tudo por esta menina,cuidar de tudo!Agora ela está respondona,mandona e acha que pode tudo com apenas 4 anos!Nos enfrenta e até já bate a porta do seu quarto fazendo suas birras!!!Talvez seja a irmã que nasceu e acabou com o reinado desta,mas,ela ainda não aprendeu que sendo boazinha e obediente ela ganha de tudo e consegue tudo…hoje ela perdeu o passeio de bicicleta,desenho,biscoito,salgadinho e não se deu conta que fazendo coisa errada só tem a perder!

Meus pais me ensinaram muitas coisas…muitas coisas me acompanham desde o meu nascimento!

A Rebecca para mim ainda é um enigma que pretendo desvendar a cada dia a cada fase…a Brigitte ainda é muito novinha,mas,já deu para perceber que ela tb não será nada fácil,ela tem traços que será uma menina bem forte,bem decidida e o meu papel de mãe será acompanhar e tentar ensinar o caminho do bem,o trabalho,o significado de ser verdadeira,honesta,leal,positiva ,etc

A mãe é um exemplo,um reflexo que será repetido e observado com muitos detalhes.

Geralmente os filhos puxam mais os defeitos que as qualidades dos pais.

Firme serei..

Pontos positivos esperarei…

Fé eu tenho!

beijo à todos!!!!!

Anúncios

8 Respostas to “Dia das Mães e uma nova mãe surge !”

  1. Cláudio Fontoura said

    Oi Susana e Jeison,
    Já acompanho seu blog há tempos, parabéns pelas conquistas e pelas princesinhas! Lendo esse seu post eu me identifiquei, temos uma menininha linda, Beatriz, que hoje está com 5 anos. Achei que minha experiência poderia lhe trazer certo conforto. É que quando Bia estava com seus 3 para 4 aninhos também começou a “colocar as asinhas de fora” fazendo manha e birra para conseguir o que queria. Eu e minha esposa sempre fomos pais atenciosos e procuramos dar a ela tudo o que não tivemos em nossa infância, mais carinho, mais conversa (muito mais!), mais atenção. Vou te dizer, não e nada fácil você cortar certas regalias de seu rebento por conta de uma malcriação, mas é necessário que não haja retorno na sua decisão, esses pequenos são super expertos e colocam nossa autoridade (que é fulcral para quem deseja dar uma boa diretriz a seus filhos) a prova todo o tempo. Na primeira ocasião em que você der uma ordem, falando clara e objetivamente para que ela entenda, e voltar atrás por pena ou remorso, o bolo desandou. Não adiantará tentar consertar, a emenda sairá pior do que o soneto, terá que esperar outra oportunidade. Aprendi com minha Bia que crianças precisam de ordens curtas e claras, ficar dissertando sobre os porquês dessa e daquela decisão, só vai confundi-la. Tenha força porque a batalha é dura e o “inimigo” implacável. rsrsrsrsrsrsrsrs
    Boa sorte e sucesso meus amigos! Suzana feliz dia das mães atrasado!
    Quem sabe nos encontremos pessoalmente por aí, estamos na primeira fase (aprendendo francês) para aplicarmos para o Quebec.
    Saudações
    Cláudio, Elisangela e Beatriz Fontoura.

    P.S. Ah! Hoje Bia está super educada, recebendo até elogios por seu comportamento. hehehehehe Suamos.

    • Susana said

      Oi Claudio!
      Obrigada por acompanhar nosso blog e obrigada tb pela ajuda e conselho!
      Valeu mesmo….suas dicas vão me ajudar com certeza neste momento!
      Espero que vcs venham para cá e que conheceremos a Bia tb,será uma ótima influencia pra Rebecca ! 🙂
      beijooooooooooo

  2. Eduardo Maia said

    Oi Su.
    A primeira e única palmada que eu dei no meu filho, foi quando ele tinha 3 para 4 anos. Fiquei com um remorso tremendo, tive que virar as costas para não demonstrar que estava quase chorando. Sei como é esse sentimento e na minha opinião você está no caminho certo, logo a Rebecca entenderá que não é fazendo pirraça e bagunça que conseguirá as coisas. Boa sorte, tenho certeza que tudo dará certo.
    Bjos.

    • Susana said

      Oi Edu !!!
      Pelo jeito esta idade é mesmo terrível…
      Ontem,tive uma dor de cabeça enorme,tive que tomar Tylenol 2 vezes!
      Mas,vi o resultado com o seu filho,ele é educadíssimo!!!!! 🙂
      Espero conseguir o mesmo tb…
      Obrigada pelo comentário e da sua participação sempre no nosso blog!
      beijoooooooo

  3. Parabéns pelos dias das mães e pela atitude também! É legal quando vemos pessoas que compartilham da mesma idéia de educação que gostariamos de ver mais pais dando para os seus filhos. Ainda não temos os nossos filhos, mas uma coisa que sempre nos preocupa é poder dar a eles uma boa educação, com valores e princípios morais e prepará-los para o mundo que não está fácil.
    Tudo de bom pra vocês, Susana e Jeison! Em julho vamos começar a nossa aventura quebécois! Nos esbarramos por aí! Kênia e Ramon

    • Susana said

      Oi Ramon !
      Obrigada por comentar e curtir nossas fotos! 🙂
      Verdade…este Mundo não anda nada fácil!Ao menos temos que fazer a nossa parte…
      …que legal que estao vindo para cá!!! 🙂
      Espero nos encontrar então..
      beijoooooo

  4. Marcos said

    Olá, Susana.

    Quão maravilhoso e desafiador é a maternidade e paternidade. Não há livros que auxiliem realmente, não há palpite de amigo, irmão ou avós que oriente. E o caldeirão de emoções, então, que vai desde a mais obsessiva preocupação até a raiva da ante-sala da palmada…

    Eu, apesar de não ter filhos, compartilhei um pouco das experiências de meus irmãos (e seus sete filhos, no total), amigos e parentes, além da vivência profissional. E pude perceber que o desafio é o seguinte: os pais se verem através dos filhos. Explico: quando fazemos/falamos/pensamos que os filhos deveriam ter/ser aquilo que não tivemos ou fomos, estamos refletindo sobre a mudança de papéis que os filhos causam nos pais, sobre suas vivências anteriores, seus acertos e erros, seus medos e potenciais. Não há erro nenhum em projetar expectativas boas aos pequeninos, no sentido de desejar e oferecer muito mais do que os pais tiveram. O ponto (como numa boa receita de cozinha) é a moderação.

    Acredito que suas mudanças em relação às filhas lhe trará muita paz de espírito, pois sabe que está fazendo tudo para melhor educa-las.

    Eu gosto de prestar atenção à alguns significados originais de algumas palavras, como educação, por exemplo: “ato de transmitir conhecimento, de aprender e de ensinar”. É isso que o nascimento dos filhos proporciona, o aprendizado constante dos pais em como cuidar integralmente de uma pessoa a partir do início, do zero, do desconhecido.

    Está no caminho certo. Boa jornada a vc e Jeison.

Sorry, the comment form is closed at this time.

 
%d blogueiros gostam disto: